Estudos dos efeitos do ultrassom e ultrassom associado à atividade física na redução do diâmetro abdominal.

Resumo: Contextualização: A adiposidade localizada abdominal é uma das causas de insatisfação do ponto de vista estético, além de estar associado a riscos cardíacos, infarto, pressão arterial elevada, diabetes entre outros, ocasionando riscos à saúde. Objetivo: Analisar os efeitos do ultrassom isolado e da sua associação à atividade física na redução do diâmetro abdominal. Métodos: O estudo foi descritivo comparativo e quantitativo. A amostra foi composta por 10 (dez) voluntárias com idades entre 18 a 31 anos e queixa de adiposidade na região abdominal. As voluntárias foram divididas de forma aleatória sequencial em dois grupos: o Grupo 1 recebeu tratamento com ultrassom (US) e o Grupo 2 recebeu tratamento com US associado a 15 minutos de exercício físico. Para avaliação entre os momentos pré e pós-intervenções foram utilizados dados de perimetria e plicometria. Resultados: O Grupo 1 obteve 2,62% de redução média nas medidas do perímetro abdominal (média de 2,22cm). O Grupo 2 obteve com 2,82% de redução média nas medidas (média de 2,40cm). Pelas medidas da plicometria, o Grupo 1 reduziu em média 9,56% de gordura abdominal e o Grupo 2 reduziu em média 3,13%. Conclusão: O US de alta potência com 45W no modo contínuo, frequência de 3MHz, intensidade variando de 0,5 a 3,0 W/cm2, foi capaz de reduzir as medidas e gordura abdominal, não aparentando vantagens para o grupo que recebeu atividade física.

Palavras-chave: Ultrassom, Atividade Física, Perímetro abdominal, Adiposidade.

Abstract: Background: The localized abdominal adiposity is one of the causes of body dissatisfaction, in addition to being associated with cardiac risks, infarction, high blood pressure, diabetes, among others, causing health risks. Objective: To analyze the effects of isolated ultrasound and its association with physical activity for reducing abdominal diameter. Methods: The study was descriptive, comparative and quantitative. The sample consisted of 10 volunteers, aged from 18 to 31 years old, complaining of adiposity in the abdominal region. The volunteers were randomly divided into two groups: Group 1 received ultrasound (US) treatment, and Group 2 received treatment with US associated with 15 minutes of physical activity. Perimetry and plicometry data were used to assess between pre and post-interventions. Results: Group 1 obtained a 2.62% average reduction in waist perimeter measurements (mean of 2.22 cm). Group 2 obtained an average reduction of 2.82% in measurements (average of 2.40cm). By plicometric measurements, Group 1 reduced an average of 9.56% of abdominal fat and Group 2 reduced an average of 3.13%. Conclusion: The high power US with 45W in continuous mode, frequency of 3MHz, intensity ranging from 0.5 to 3.0 W/cm2, was able to reduce the measurements and abdominal fat, showing no advantages for the group that received physical activity.

Keywords: Ultrasound, Physical activity, Abdominal diameter, Adiposity.